Desde 1955
Associação Brasileira de Veleiros de Oceano
  • Copa Brasil de Vela

Copa Brasil de Vela

1- Objetivos

Criada em 2013, a COPA BRASIL de Vela de Oceano tem os seguintes objetivos:

  • Estimular a participação dos barcos de oceano em regatas;
  • Fomentar a criação e organização de mais eventos de Vela de Oceano;
  • Fortalecer a cultura do Calendário Nacional de Vela de Oceano, valorizando a Integração da vela e propiciando que barcos de diferentes agremiações prestigiem eventos de outros clubes, flotilhas,  áreas geográficas, estados e países;
  • Aumentar o número de barcos associados à ABVO, contribuindo para a regulação da vela oceânica.

2- Elegibilidade:

Para participar da COPA BRASIL os barcos devem estar associados à ABVO no ano em vigor da Copa e possuir certificados de medição válidos         para as regras preconizadas pela ABVO.

Todos os comandantes devem informar por qual flotilha seu barco estará disputando a COPA BRASIL.

3- Flotilhas reconhecidas:

  • FREVO – Pernambuco e Paraíba
  • SALVADOR – Bahia
  • VITORIA – Espirito Santo
  • GUANABARA – Rio de Janeiro (Estado)
  • ILHA/UBA – Ilhabela, Ubatuba e adjacências
  • SANTOS – Santos
  • STA CATARINA – Santa Catarina
  • POA – Rio Grande dos Sul

4- Pontuação:    

A pontuação de um barco em um determinado evento é função do número de inscritos na regra. Exemplo: Regata com 12 barcos o vencedor ganha 12 pontos, o 2°, 11 pontos e assim por diante. DNF, DNS, OCS, BFD e RET recebem apenas 1 ponto, por participação.

4.1- Bônus (pontos extras):

  • Barcos participando de evento em local de outra flotilha (local, nacional ou oceânico): 4 pontos (máximo de 2 eventos subsequentes);
  • Barcos brasileiros em competições internacionais (de relevância, reconhecidas pelo Conselho Técnico ABVO): 8 pontos.

4.2- Peso dos eventos:

  • Eventos locais (flotilhas): peso 1;
  • Eventos nacionais: peso 2;
  • Regatas Oceânicas (REFENO, Santos-Rio): peso 2,5;
  • Campeonatos Brasileiros das regras preconizadas pela ABVO: peso 3;
  • Regatas Internacionais (de relevância, reconhecidas pelo Conselho Técnico ABVO): peso 4.

Obs.: Exceções serão julgadas pelo Conselho Técnico da ABVO.

4.3- Exemplo de cálculo:

Barco da Flotilha de SANTOS se deslocando para Florianópolis – SC para disputar Campeonato Brasileiro:

  • Quantidade de barcos da regra na competição = 10
  • Peso = 3

Se o barco for o primeiro colocado:

  • 10 pontos x 3 (peso)= 30 pontos
  • Bônus 4 pontos extras (evento e local de outra flotilha)
  • Pontuação para a COPA BRASIL = 34 pontos.

5- Calendário de Eventos:

Os eventos válidos para a VI COPA DO BRASIL estão relacionados na         planilha em anexo e podem ser acessados no site www.abvo.org.br em Calendário da COPA DO BRASIL.

6- Premiação:

Serão concedidos prêmios aos três primeiros colocados de cada regra preconizada pela ABVO.

7- Troféu José Carlos Laport /Barco do Ano ABVO:

Será declarado “BARCO DO ANO ABVO”, recebendo o troféu de posse transitória “José Carlos Laport”, o barco que auferir, ao final da competição, o maior número de pontos acumulados dentre os participantes das regras ORC e IRC.

Calendário de Eventos

Os eventos válidos para a IV Copa do Brasil estão relacionados na planilha abaixo. As dúvidas, sugestões e esclarecimentos devem ser dirimidos através do email adm@abvo.org.br.

Eventos válidos para a Copa Brasil 2018

Resultados Anuais

          Ranking 2018

IRC

ORC

BRA-RGS

CLÁSSICOS

MOCRA

Regulamento

Copa Brasil Regulamento 2018

Comments

comments


Comentários desativados em Copa Brasil de Vela

Voltar ao início
Como medir seu barco? Quanto custa?