Velejaço Solidário na Barra do Ribeiro (RS) reúne 234 barcos

Foram arrecadados SEIS toneladas de alimentos e uma tonelada de agasalhos

 Crédito: Bruno Prisco Jr 

Tudo começou após um assalto a um velejador aposentado que dormia em seu barco que quase afugentou os velejadores e pescadores da cidade onde o rio estava em processo de desassoreamento, mas a ação solidária encheu as águas da Barra do Ribeiro em resposta ao ocorrido.

Então Cristian Yanzer, comandante do veleiro Viking, nascido na comunidade da Vila Farrapos, de Porto Alegre (RS), , organizou o Velejaço Solidário para arrecadar alimentos e agasalhos para os mais carentes da região e apresentar os velejadores locais.

Os navegadores puderam conhecer a nova infraestrutura de lazer na orla da cidade, oferecida pela prefeitura de Barra do Ribeiro e aproveitar um almoço especial com o prato típico do município, a famosa tainha assada barrense recheada com farofa e salada de tomate e cebola. Os protocolos de prevenção à Covid-19, como o uso obrigatório de máscaras, uso de álcool em gel e distanciamento físico, não foram esquecidos, para que a ação pudesse ser realizada com segurança. As próprias embarcações foram ancoradas distantes umas das outras para manter os cuidados sanitários. “Como velejadores, nossa função é tentar fazer o melhor para a nossa sociedade, cada um fazendo sua parte e, com um pouquinho de cada, ajudar para que possamos passar pelas adversidades da pandemia cooperando com o próximo”, disse Cristian. 

O velejaço começou em Porto Alegre, foi até Barra do Ribeiro e depois retornou.

Foram arrecadados SEIS toneladas de alimentos não-perecíveis em 300 cestas básicas e uma tonelada de agasalhos.

O prefeito de Barra do Ribeiro, Jair Machado, destacou a ação solidária e ressaltou a participação das tripulações na região, que conta com o canal recentemente dessassoreado que permitirá mais desenvolvimento econômico por meio da pesca e mais turismo para o município, que agora pode receber embarcações de maior porte. “Também recebemos o catamarã Viva Guaíba e diretores da Ouro e Prata, que vão estudar a possibilidade de uma nova linha para o município e mostrando um futuro ainda mais promissor para o Barra do Ribeiro”, informou. Participaram do evento, representantes de clubes de Porto Alegre, Itapuã, Tapes, São Lourenço do Sul, entre outras cidades gaúchas com marinas-base de cruzeiristas.

O evento teve o apoio dos clubes de vela gaúchos.